Sinopse

Com a vida de novo

O. Carl Simonton et al.

Este livro foi lançado em Nova York e sua primeira edição é de 1978. Apesar de decorridos quase trinta anos, ainda é atual e de uma relevância ímpar. O livro nasceu de uma intrigante curiosidade do médico O. Carl Simonton, radiologista e cancerologista que, fazendo residência no Oregon Medical School, reparou que os pacientes que lá chegavam com o diagnóstico de "incuráveis" reagiam de maneira muito diferente ao tratamento, alguns estabilizando seu quadro clínico, outros chegando a eliminar completamente a doença e ainda outros definhando rapidamente. Juntamente com sua esposa e um amigo, resolveu relatar sua experiência no tratamento de centenas de doentes do famoso Cancer Counseling and Research Center em Dallas, Texas.

 

Interessando-se pelos estudos de biofeedback descobriu que algumas técnicas de visualização, dentre outras, ajudavam as pessoas a influenciar seus processos internos. Quando ensinadas aos doentes com câncer, sobretudo em estágios terminais, ajudavam-nos a visualizar a doença em si mesmos, a destruí-la e a fortalecer as defesas naturais do corpo, ajudando-os a recuperar-se. No livro, os autores mostram como nossa reação ao stress e outros fatores emocionais podem contribuir para o início e a progressão de um câncer e como expectativas positivas, consciência e cuidado consigo mesmos podem contribuir para o controle e até a cura da doença.

Partindo do pressuposto de que a doença é um problema que diz respeito à pessoa como um todo (mente, corpo, emoções), os autores escrevem o livro em duas partes. Na primeira , intitulada "A mente e o câncer", procuram mostrar aos leitores de que cada um de nós tem decisiva participação na própria saúde e nos processos de adoecimento por meio de nossas crenças, sentimentos e atitudes diante da vida. Na segunda parte, "Caminhos para a saúde", os autores mostram um programa voltado para a recuperação da saúde, que inclui desde um detalhado exame das reações do doente à doença até uma análise dos efeitos do apoio familiar. Ensinam ainda a colocar esse método de trabalho em funcionamento e analisam os efeitos obtidos em alguns anos de prática. No Brasil, o método Simonton é aplicado pelo Centro Oncológico de Recuperação e Apoio, criado em São Paulo no ano de 1986.

É um livro imperdível. Merece ser lido, pois está apoiado no relato de impressionantes casos reais que emocionam, dão esperança no tratamento do câncer e mostram que a visualização não é um processo de autoilusão, mas de direcionamento de si mesmo para viver uma nova vida. O método de trabalho divulgado no livro pode, sem dúvida, ajudar no controle e cura de todas as doenças que dependam do aumento da defesa imunológica. Dr. Carl Simonton tem publicado em português, também pela Summus, o livro Cartas de um sobrevivente, de 1994.

Resenha elaborada por Clarice Nunes, Terapeuta Corporal.

 
Observação
 

O conteúdo deste site é baseado em pesquisas realizadas pelos autores, salvo indicação em contrário. As informações apresentadas aqui têm caráter educacional e não se destinam a diagnosticar ou prescrever para qualquer condição médica nem para prevenir, tratar, mitigar ou curar tais condições. As informações contidas neste site não se destinam a substituir um relacionamento individual com um médico ou profissional de saúde qualificado. Portanto, estas informações não pretendem ser um conselho médico, mas, sim, uma partilha de conhecimentos e informações com base em pesquisas e experiências. Os leitores, sejam eles pacientes, familiares ou pessoas interessadas em prevenção, devem tomar suas próprias decisões com relação à sua saúde, com base em seu julgamento e pesquisas em parceria com um profissional de saúde qualificado. Os autores estão qualificados a dar orientações psicológicas e nutricionais.