Observação
 

O conteúdo deste site é baseado em pesquisas realizadas pelos autores, salvo indicação em contrário. As informações apresentadas aqui têm caráter educacional e não se destinam a diagnosticar ou prescrever para qualquer condição médica nem para prevenir, tratar, mitigar ou curar tais condições. As informações contidas neste site não se destinam a substituir um relacionamento individual com um médico ou profissional de saúde qualificado. Portanto, estas informações não pretendem ser um conselho médico, mas, sim, uma partilha de conhecimentos e informações com base em pesquisas e experiências. Os leitores, sejam eles pacientes, familiares ou pessoas interessadas em prevenção, devem tomar suas próprias decisões com relação à sua saúde, com base em seu julgamento e pesquisas em parceria com um profissional de saúde qualificado. Os autores estão qualificados a dar orientações psicológicas e nutricionais.

Cúrcuma no tratamento do câncer

Os benefícios da Cúrcuma no tratamento do câncer

 

Por Ty Bollinger

Traduzido e adaptado por Ceiça Vasconcellos

 

 

O açafrão-da-terra ou cúrcuma é uma especiaria nativa cor-de-laranja, da Índia e Indonésia, e é altamente reverenciado por seus benefícios culinários e terapêuticos. Ele contém curcumina, um polifenol identificado como o seu componente ativo principal e que apresenta mais de 150 atividades terapêuticas, incluindo propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e combativas e preventivas do câncer, sobretudo de intestino, cólon, estômago, esôfago e mama. Também se acredita que faça bem ao fígado.

 

A cúrcuma também dá ao curry sua cor amarela ou laranja brilhante e contribui para o sabor picante, quente e ligeiramente amargo. Também fornece uma fragrância picante, parecida com a do gengibre.

 

Por mais de 5.000 anos essa raiz tem sido cultivada nas regiões tropicais da Ásia. Porém durante o século XIII, o açafrão-da-terra foi introduzido nos países ocidentais por comerciantes árabes. Sua popularidade lentamente se espalhou por todo o mundo. Hoje, os principais produtores desta especiaria aromática são a Índia, Indonésia, China, Taiwan, Filipinas, Haiti e Jamaica.

 

A cúrcuma tem sido utilizada na farmacopeia chinesa e indiana há milhares de anos. É conhecida por suas poderosas propriedades anti-inflamatórias, usada ​​no tratamento de várias condições, tais como dor de dente, dor no peito, infecção do trato urinário, flatulência, icterícia, desconfortos menstruais, hematomas, hemorragia e cólicas.

 

A curcumina contra o câncer

 

Hoje, os pesquisadores estão investigando os inúmeros benefícios da cúrcuma, que têm se mostrado incrívelmente promissora na prevenção e tratamento do câncer. Estudos têm mostrado que a curcumina, que é o composto ativo da cúrcuma, ajuda a evitar vários tipos de câncer, incluindo câncer de mama, do pulmão, do estômago, do fígado e do cólon por causa de suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes. Ela impede o desenvolvimento do câncer por interferir com os aspectos de sinalização celular da doença.

Resultados de laboratório descobriram que a curcumina é capaz de ...

  • inibir o COX-2, uma enzima que causa inflamação negativa e  que pode levar ao câncer;

  • impedir o crescimento epitelial vascular (um polipeptídeo que estimula novo suprimento de sangue), matando de fome as células cancerosas retirando seu oxigênio e fonte de combustível;

  • induzir um gene supressor de tumor;

  • interromper a metástase de células cancerosas, isto é, impedindo que as células cancerosas se espalhem de um órgão para outro;

  • matar células B de linfoma e grandes células (a razão mais comum para o linfoma não-Hodgkin);

  • prevenir o renascimento das células-tronco do câncer.

 

Em um estudo de 2011, realizado pelo Anderson Cancer Center da Universidade do Texas, pesquisadores descobriram que o extrato de curcumina identifica de forma eficaz as células cancerosas e as células normais, enquanto ativa a morte celular (apoptose) das células com câncer. Os pesquisadores concluíram: "A curcumina exerce sua influência biológica por meio da modulação epigenética, um processo que está um passo à frente das influências genéticas adversas".

 

Outro estudo investigou quanto os pacientes com câncer de cólon poderiam receber de curcumina com segurança. Os participantes tomaram 3,6 gramas, o que é considerado uma dose elevada de curcumina. Os resultados revelaram que altas doses de curcumina não causam efeitos nocivos entre os doentes com câncer colorretal.

 

A curcumina não é bem absorvida no sangue, mas é bem absorvida na mucosa do cólon, dando-lhe uma vantagem contra tecidos cancerosos . Ela pode ajudar a prevenir o câncer da próstata por sua capacidade de interferir na propagação de células de câncer e respostas inflamatórias que são consideradas precursoras do desenvolvimento do câncer. A curcumina também combate o câncer de próstata pela redução de receptores de hormônios sexuais na glândula prostática.

 

Ela também tem se mostrado muito promissora na prevenção do câncer do colo do útero, a principal causa de morte por câncer entre mulheres de países em desenvolvimento. A curcumina bloqueia os fatores que induzem o vírus do papiloma humano e ativa a morte de células de câncer dentro do revestimento uterino.

 

Os incríveis benefícios da cúrcuma

 

A cúrcuma é poderosa e eficaz contra muito mais do que células cancerosas. Os pesquisadores estão fascinados com a ampla gama de condições fisiológicas que ela é capaz de afetar.

 

  • Combate a artrite. As propriedades anti-inflamatórias do açafrão ajudam na gestão de condições artríticas. Pessoas que sofrem de osteoartrite e artrite reumatóide têm encontrado alívio ao consumirem o açafrão regularmente, em especial quando ingerido cru. O açafrão neutraliza os radicais livres que podem danificar as células do corpo e provocar inflamações.

  • Regula o açúcar no sangue. A cúrcuma tem a capacidade de melhorar os efeitos de medicamentos diabéticos e ajudar no controle da doença. Isso reduz os riscos de desenvolvimento de resistência à insulina, uma condição fisiológica na qual as células não conseguem responder às ações normais do hormônio insulina.

  • Ajuda a perder peso. A adição de açafrão à dieta ajuda a aumentar a produção de bile, um elemento necessário para a quebra de gordura. Para ajudar a alcançar seu peso ideal, consuma uma colher de chá de açafrão em pó em suas refeições principais. A produção mais eficiente de bile melhora a digestão e previne doenças do fígado.

  • Cura as feridas mais rapidamente. Você pode usar a cúrcuma como um desinfetante natural por causa de suas propriedades antissépticas e antibacterianas. Para curar as feridas mais rapidamente, polvilhe açafrão em pó sobre a área afetada. Também foi demonstrado que a cúrcuma pode ser utilizada para tratar a psoríase e outras doenças da pele.

  • Previne a doença de Alzheimer. Acredita-se que a doença de Alzheimer seja causada por inflamação excessiva no cérebro. As propriedades anti-inflamatórias da cúrcuma removem a placa bacteriana e as gorduras acumuladas no cérebro, melhorando o fluxo de oxigênio.

 

Os benefícios do açafrão para a saúde  só foram reconhecidos pela comunidade médica na última década, mas os pesquisadores não estão perdendo tempo e estão realizando mais estudos sobre esta incrível especiaria.

Use e abuse do açafrão em seus preparos no dia a dia. Você pode adicioná-lo em pó na salada, em sopas, molhos e temperos. Basta apenas um pouquinho em um prato simples para que ele se transforme totalmente graças ao seu gosto delicioso e peculiar.

 

Lembre-se de adicionar este tempero à sua lista de compras, incluí-lo em seu plano alimentar e apreciar os benefícios para sua saúde.

 

Fonte: The Truth About Cancer

 

Chá Essiac
A Terapia Gerson
Reconectando-nos ao nosso poder
O lucrativo mercado do câncer
Alimentos que causam câncer
Mostrar Mais
Cúrcuma.png